Carro voador na japonesa Nec levantou voo por 1 minutos a 3 metros de altura — Foto: Koji Sasahara/AP
O Japão não é o único país que busca liderar uma utopia de carros voadores; Dubai, Cingapura e Nova Zelândia anunciaram intenções semelhantes. A Kitty Hawk, controlada pelo cofundador do Google, Larry Page, também desenvolve um carro voador, assim como o Uber Technologies.
 
O carro voador da NEC vai sair da “jaula”: a Cartivator já recebeu permissão do governo japonês para voos em espaços livres.
 
Parecendo mais um drone gigante, o modelo utiliza 4 hélices movidas à energia elétrica. De acordo com a Associated Press, o governo japonês está incentivando o desenvolvimento de carros voadores para que virem realidade até 2030.
 
O governo japonês ambiciona liderar nos carros voadores. O objetivo passa por ter automóveis voadores a transportar mercadorias em 2023 e passageiros nas cidades em 2030.
 
“O Japão é um país densamente povoado e isso significa que os carros voadores poderiam aliviar muito a carga sobre o tráfego rodoviário”, disse Kouji Okada, líder do projeto na NEC. “Estamos nos posicionando como um facilitador para a mobilidade aérea, fornecendo dados de localização e construindo infraestrutura de comunicações para carros voadores.”
 
Por enquanto, o objetivo é que o veículo seja utilizado em entregas no futuro e sem a necessidade de um piloto.
 
Além da Nec, empresas como Boeing, Pal-V e Uber estão trabalhando em seus conceitos voadores. Em outra frente, companhias também desenvolvem motos voadoras, inclusive, até a polícia de Dubai está utilizando um protótipo do tipo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.