Os estragos provocados pela chuva, como é o caso de carros ‘engolidos’ por buracos, podem motivar o ingresso de uma ação judicial para que o poder público promova o ressarcimento dos danos à população. Mas o caminho a ser percorrido entre o dano causado e a indenização geralmente é bem demorado.

Leia também: Carro é engolido por cratera aberta na chuva em JP

Para pleitear a indenização, é necessário ingressar com uma ação na Justiça. A depender da situação, o cidadão pode levar até 10 anos para receber os valores reivindicados.

De acordo com o advogado Werton Soares da Costa Júnior, quem sofrer algum prejuízo também pode reivindicar o pagamento de danos morais. Ele explicou que nesses casos, leva-se em consideração algum tipo de situação que cause constrangimento ao prejudicado. “Além dos danos materiais, o cidadão pode também cobrar o pagamento de danos morais, mas isso é algo em que a subjetividade é levada em consideração”, afirmou.

Indenização é demorada

Werton disse que como a ação é ajuizada contra um ente público, o processo deve tramitar na Vara da Fazenda Pública e não pode ter o seu ingresso no Juizado Especial. Ele lembrou que para o processo ser concluído leva-se aproximadamente seis anos, e para o pagamento o prazo ultrapassa os 10 anos. “Na maioria dos casos, o pagamento se dá por meio de precatório, o que é bastante demorado”, arrematou.

O post Indenização de danos causados por chuvas pode levar até 10 anos apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.