O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes em Campina Grande, que integra a rede hospitalar do Governo do Estado, prestou no mês de novembro 8.046 atendimentos no setor de emergência e realizou 724 cirurgias.

Em novembro deste ano foram registrados 720 atendimentos a vítimas em acidentes de motos. Também houve atendimentos a vítimas de arma branca (28), de projéteis de arma de fogo (26), queimaduras (52), atropelamentos (54), acidentes com bicicleta (63) e acidentes de carro (61), entre outros. Os demais atendimentos foram na clinica médica e na pediatria.

Em 2017, no mesmo período foram realizadas 814 cirurgias e atendidas 7.765 pessoas sendo registrados 769 atendimentos a vítimas em acidentes de motos. Também houve atendimentos a vítimas de arma branca (25), de projéteis de arma de fogo (45), queimaduras (62), atropelamentos (64), acidentes com bicicleta (61) e acidentes de carro (64).

Nos primeiros onze meses de 2018 foram feitos 88.843 atendimentos e realizadas 8.311 cirurgias. Em 2017, no mesmo período foram prestados 79.349 atendimentos e realizadas 7.942 cirurgias.
A unidade de saúde disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico.

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes de Campina Grande é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns municípios do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará. 250 pacientes são atendidos diariamente.

MaisPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

− 9 = 1