Uma audiência pública promovida na manhã desta segunda-feira (28) estabeleceu reajuste de preços que chegam até 13,1% no gás natural comercializado pela Companhia Paraibana de Gás (PBGás).

Leia também: Site do governo é invadido por hacker e fica fora do ar

Segundo a assessoria de comunicação da PBGás, o reajuste é diferenciado por seguimento, com exceção do Gás Natural Veicular (GNV) que não sofrerá reajuste algum.

Por seguimento, os reajustes deverão ser os seguintes: 1,47% para indústria; 12,3% para o seguimento comercial; 13,1% para o residencial; e 1,68% para o Energético de Baixo Valor Agregado (EBVA), que é usado por algumas indústrias.

“A PBGás compra o gás natural da Petrobras, que nos repassou um reajuste de 1,81%. O percentual maior de reajuste para os seguimentos de comércio e residencial foi necessário porque não haverá outro reajuste este ano para eles. Já o GNV não sofre reajuste para que possamos manter a competitividade do combustível”, informou a PBGás.

Agora, os reajustes seguirão para homologação, ou não, da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB). A expectativa é de que os novos preços entrem em vigor ainda durante o mês de fevereiro.

O post Gás natural será reajustado em fevereiro em até 13,1% na Paraíba apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.