O clima anda a cada dia mais tenso entre Jorge e Mateus. Os dois nem se falam mais e os encontros têm se restringido ao palco, nos shows da dupla. Quem esteve no Festival de Salvador, no último domingo, pôde perceber a tensão entre eles nos bastidores. A produção dos cantores criou até um esquema especial para que os artistas não precisem passar tanto tempo juntos. Até elevadores eles pegam separados. Só não viajam em jatinhos diferentes porque o custo sairia muito alto, mas já chegaram a viajar cada um no seu.

O clima é ruim também entre os familiares de cada um deles, que trabalham como funcionários no escritório da dupla. A divergência em relação à carreira é um dos motivos do fim da amizade. Mateus quer tirar o pé do acelerador e diminuir o ritmo de shows. Além disso, ele leva uma vida mais reservada e é avesso a badalações. Jorge é o oposto e quer manter a agenda lotada. “A separação seria radical. Eles fizeram muitos investimentos e o retorno não foi o esperado. A dupla rende muito dinheiro”, diz um produtor.

Em comunicado, a assessoria da dupla nega qualquer desentendimento entre os dois. Confira na íntegra:

“Diferentemente do que foi publicado em nota neste sábado (15) a assessoria de Jorge e Mateus nega todos os relatos envolvendo a dupla citados na reportagem. Não houve nenhum desentendimento entre eles, nem esquema especial, e nem mesmo divergências sobre à carreira. A dupla mantém seu relacionamento e cumpre sua agenda de shows normalmente”.



Fonte: Extra

Créditos: Extra

Deixe seu comentário