A Copa Davis apresenta novo formato, é o que diz a lenda do tênis espanhol e agora gerente, Albert Costa. As equipes, levam os torcedores a ser presentes e muito mais participativos, todos os participantes almejam levar a taça de prata para casa.

O esporte não significa jogar sozinho com um rival mais sim representar um País com suas culturas e costumes próprios, fatores que levam os participantes a se doarem ao máximo em cada partida da competição criando um clima de embate total.

Mais afinal, existe um jogador ideal para ganhar a Copa Davis? Durante uma entrevista com repórteres da Betway Esporte, casa de apostas online, essa foi a pergunta feita ao ex-tenista Alberto Costa, que é responsável atualmente pela organização da Copa Davis, segundo ele não existir, mas, falou qualidades que um tenista perfeito deveria ter.

De acordo com Alberto Costa, dois pontos principais são a mentalidade e o físico de Rafael Nadal e o jogo de pés de David Ferrer. Para ele, estas seriam as qualidades que dariam ao tenista a mobilidade de estar sempre no lugar e hora certa para rebater.

 

Ou seja, a mistura dessas qualidades já produzira o melhor que já foi visto no tênis, um jogador quase perfeito para jogar este tipo de esporte. Os convocados da seleção espanhola são Rafa Nadal, Roberto Bautista, Pablo Carreño, Marcel Granollers e Feliciano López torna a equipe o grupo com maiores chances de vencer o torneio pela 6ª (sexta vez).

 

FORMATO ANTIGO

Anteriormente as finais eram disputadas em diversas partidas em países de forma simultâneas ao redor do mundo, durante 3 dias de jogos, um outro ponto crucial era que o mandante poderia escolher o piso dessa forma conseguia obter vantagens sobre o time visitante.

NOVO FORMATO

 

Com a mudança para o novo sistema a final terá sede única, fazendo com que diferentes equipes joguem as eliminatórias em casa. “É uma grande oportunidade para viajar e conhecer uma cidade por uma semana e desfrutar do melhor tênis”. afirma Alberto. A mudança foi tida como necessária pela ITF (Federação Internacional de Tênis) fazendo com que o esporte ganhasse força e visualidade internacional além de muito incentivada pelo grupo de investidores Kosmos, que prometeu injetar cerca de US$ 3 bilhões de dólares na competição para os próximos anos. Dezoito países vão disputar a final da Copa Davis 2019 em Madrid.

 

POLÊMICAS

 

Muitas polêmicas rodeiam o novo formato da Copa Davis, um grupo de “críticos” fazem aversão da tradicional competição entre nações desferindo ataques na internet contra a organização do evento utilizando até de imprecisão nas informações através das redes sociais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.