A estudante de 17 anos que disse ter sido estuprada após ser retirada de um ônibus na cidade de Campina grande, Agreste do Estado, inventou a história. O suposto crime teria acontecido na noite de segunda-feira (13). A informação foi confirmada pela delegada Alba Tânia Casemiro em entrevista coletiva na tarde desta quarta (15).

Leia Mais: Casal posta vídeos explícitos na web para ensinar público a fazer “sexo de verdade”

As investigações apontaram que a jovem tem problemas psicológicos.

A estudante havia dito que estava dentro de um ônibus quando teria sido forçada por dois homens a descer do veículo.

Leia Mais: Defunto é chamado para trabalhar como coveiro após passar em concurso

As imagens das câmeras do transporte coletivo mostraram que a menina sai sozinha, contrariando a versão inicial (assista ao vídeo).

A Polícia Civil também informou que os exames não mostraram vestígios de material genético e nem sinais de violência.

Leia também:

Homem é preso suspeito de se passar por enfermeiro do Samu, em João Pessoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.