A Saúde do município esta doente e nem dipirona tem, afirma paciente. Em mais um episodio da série a cidade dos sonhos, monteirenses buscam por medicamentos básicos na farmácia do município e não encontram. São diversos os descasos registrados no município de Monteiro que vão desde carros sucateados para o transporte dos pacientes, falta de médicos em UBS da zona rural, e agora uma das mais impactantes a falta de uma simples dipirona que custa em media no mercado R$ 3,00 ( três reais), apesar de ser um medicamento relativamente de baixo custo precisamos ter consciência de que muitas famílias em Monteiro não podem comprar essa medicação já que algumas se quer tem o que comer e são desassistidas pela gestão Anna Lorena/ Celecileno.

A administração da cidade de Monteiro estampa manchetes em portais e programas financiados pelo poder público do município, mostrando a cidade dos sonhos de qualquer cidadão, através de contratação de uma empresa de propaganda no valor de quase meio milhão de reais mascara a realidade vivenciada no município.

Em Monteiro a nova modalidade é afirmar que o povo está mentindo, ultilizando-se da tão comentada frase “FAKE NEWS” . Enquanto a população denuncia os descasos os secretários negam os fatos. Porém como dizem contra provas não a argumentos e a prova é tamanha que a atendente da farmácia escreveu na receita do paciente “NÃO” ao lado do medicamento, confira na receita abaixo.

receita da paciente

O problema se torna maior quando o assunto é marcação de exames, quem precisa buscar o auxilio do município sabe da dificuldade que tem de enfrentar, são filas e filas, e uma espera de pelo menos quatro meses para conseguir marcar uma data para realizar o exame dois meses depois; diz paciente. Nossa redação tem o cuidado de preservar o nome do paciente pois o mesmo afirmou temer represália por parte da administração. 

A Saúde do município se encontra na UTI mais com uma ressalva sem qualquer assistência por parte da secretaria de saúde, padecendo do mal chamado DESCASO.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here