Violência contra criança nem sempre é fácil de se detectar. No ambiente escolar menos ainda. Primeiro porque na maioria das vezes esses são espaços são considerados seguros, livres de perigos. Segundo, porque nem sempre as marcas aparecem de forma clara no corpo do jovem, sendo preciso atenção constante para perceber sinais que indiquem problemas.

O post Especialistas defendem diálogo entre família e escola para fim da violência apareceu primeiro em Portal Correio .

Deixe seu comentário