Enchente deixa mais de 200 pessoas desabrigadas em Boa Vista do Gurupi

Moradores de Boa Vista do Gurupi, a 500 km de São Luís, estão apreensivos com a cheia do Rio Gurupi. Com a chegada do período das chuvas, o nível do...


Moradores de Boa Vista do Gurupi, a 500 km de São Luís, estão apreensivos com a cheia do Rio Gurupi. Com a chegada do período das chuvas, o nível do rio subiu mais de seis metros, inundando casas, plantações e causando transtornos a pelo menos 30% da população.

O ponto mais afetado pela enchente fica na área central da cidade. O trânsito de carros foi substituído pelo trânsito das embarcações, que é o único meio de transporte possível no momento.

Uma força tarefa envolvendo as Secretarias do Meio Ambiente, Saúde, Defesa Civil e Assistência Social foi montada para prestar atendimento as famílias atingidas no município. Segundo a secretária municipal do Meio Ambiente, Ana Lúcia Reis, as famílias estão sendo levadas para prédios públicos.

“A prefeitura está dando esse apoio de transporte para fazer a mudança e levar as famílias para um local seguro, prédios públicos, casas de parentes ou alguma casa alugada”, explicou.

A expectativa é que mais famílias sejam retiradas das áreas alagadas e levadas para abrigos, mais de 200 pessoas estão desabrigadas morando de forma improvisada em escolas da rede municipal de ensino. Grande parte dos prédios públicos que poderiam servir de abrigos já foram afetados pela enchente.

Fonte: G1.com

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adicine um comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.