Hospital Regional do Sertão Paraibano, duplicação de 74 quilômetros da BR-104 até a divisa com Pernambuco e duplicação de 47 km da BR-104 até a divisa com o Rio Grande do Norte. Estas são as três emendas que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) apresentou ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem. Na prática, a aprovação das emendas garante a alocação de recursos na Lei Orçamentária Anual (LOA), de 2019, para a realização das obras.

De acordo com Cássio, o hospital é uma antiga reivindicação da população do sertão paraibano, que precisa de atendimento médico especializado, para que mais pessoas tenham acesso a atendimento de saúde de qualidade. “A construção desse Complexo Médico Hospitalar do Sertão Paraibano deverá ser na cidade de Patos, que atualmente atende 75 municípios, ou seja, em torno de 34% dos municípios da Paraíba referenciam-se em Patos, e cerca de 500 mil pessoas serão beneficiadas com a medida”, afirmou.

Duplicação BR-104 até PE

Cássio disse que a importância regional da BR-104 é tamanha que está colocada como prioritária para o desenvolvimento econômico do estado da Paraíba. Ele lembrou que a obra se apresenta como eixo viário alternativo de escoamento dos produtos fabricados no Distrito Industrial de Campina Grande, localizado na zona sul do município, que concentra empresas do setor têxtil, de calçados, de produtos hospitalares, moveleira e de mineração.

Já em relação à duplicação da BR-104 até o Rio Grande do Norte, o senador disse que a emenda busca garantir a adequação de capacidade com a duplicação da rodovia, num trecho de 30,9 quilômetros, compreendido entre Remígio e Campina Grande. “Como a BR-104 é também um eixo importante de ligação e escoamento de produção do interior do estado da Paraíba bem como de Pernambuco, Alagoas e Rio Grande Norte, a duplicação da rodovia vai absorver parte do tráfego da BR-101 e facilitar o escoamento da produção do Estado, além de ser um importante corredor no interior”, comentou.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte. A matéria precisa ser votada até o dia 17 de julho.  As mudanças que ocorrem ano a ano exigem que o planejamento plurianual seja ajustado. Os governantes propõem as regras, que são aprovadas pelos parlamentares. É a única lei que impede o recesso do Congresso.

O post Emendas de Cássio destinam recursos para hospital do Sertão e duplicação da BR 104 apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.