A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou nesta quarta (19) o presidente Michel Temer (MDB) e outros cinco investigados por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro no inquérito que apurava um esquema criminoso envolvendo o setor de portos.

A investigação foi aberta no ano passado para investigar um decreto editado por Temer. 

Segundo a denúncia, empresas como a Rodrimar, que opera no porto de Santos, conhecida área de influência do MDB, foram beneficiadas pelo decreto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ 1 = 8