Cafeteria oferece cestas personalizadas em Campina Grande. Foto: Divulgação / Seu Café

Considerada uma das datas comemorativas mais importantes para o mercado brasileiro, o Dia dos Namorados está demandando criatividade e reinvenção dos pequenos negócios que planejam aproveitar a oportunidade para incrementar o seu faturamento em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. Em Campina Grande, por exemplo, os empresários asseguram que a data é a segunda mais rentável do ano, perdendo apenas para o Natal.

Por conta da Covid-19 e dos impactos por ela provocados, como a redução da mobilidade da população, já que o isolamento social tem sido uma das principais armas contra o novo coronavírus, as preferências dos consumidores se alteraram, abrindo espaço para presentes que proporcionem diferentes experiências ao casais.

Atento a esse novo contexto, o empresário Fernando Sobreira Júnior, de Campina Grande, recorreu às redes sociais para a venda dos seus produtos. Ele é dono de uma cafeteria que funciona em um dos shoppings da cidade e por conta do fechamento temporário do estabelecimento, os serviços do “Seu Café” estão sendo oferecidos através de delivery. Para o Dia dos Namorados, ele começou a investir em cestas personalizadas e tem conseguido um bom faturamento.

Os produtos podem ser adquiridos como forma de presentear para o café da manhã, lanche da tarde e cada cesta pode ser personalizada com mimos de acordo com as demandas individuais dos clientes.

“As nossas cestas vêm de acordo com a nossa cafeteria, que tem como forte a tapioca, bolos, salgados, café expresso, capuccino e outros itens. A gente tem levado o café para a casa do cliente”, garante Fernando.

José Miguel Sobrinho, proprietário de uma pizzaria em João Pessoa, atendida pelo Sebrae Paraíba, decidiu oferecer algo além da comida preparada no local. Como as mesas e cadeiras da pizzaria estarão vazias nesta data por conta das restrições de funcionamento, o empreendedor resolveu preparar um kit para que o consumidor possa reproduzir em sua casa a decoração e o clima especial que o estabelecimento proporciona aos casais todos os anos.

“Estamos buscando uma alternativa ao que fazíamos todos os anos, já que estamos vivendo um momento diferente. Nós vamos explicar ao cliente ideias de como montar a mesa e enviar para ele um kit de ornamentação junto com o jantar e a bebida, tentando criar esse momento na casa da pessoa”, explicou.

Proprietário de uma loja de vinhos, também em João Pessoa, Valdélio Bernardo apostou na parceria com alguns restaurantes da cidade. Dessa forma, ele pode indicar aos seus clientes da loja restaurantes que estejam com cardápios especiais para a data e, ao mesmo tempo, fornecer as bebidas diretamente aos restaurantes ou aos clientes por eles indicados.

“Estamos enfrentando um Dia dos Namorados bem atípico. Tenho notado que o cliente em geral tem buscado presentear, não só para essa data, com produtos que proporcionem mais sensações e, lamentavelmente, vem descartando presentear ou adquirir de forma geral bens materiais”, afirmou o empreendedor, que aderiu ao delivery por conta da pandemia. “Todas as empresas tiveram que se repaginar, se reinventar e adotar essa postura”, acrescentou.

Outra empreendedora que também aderiu ao sistema de delivery para se manter ativa no mercado e não perder espaço no Dia dos Namorados foi Dênia Teixeira, cujo negócio comercializa chopes produzidos no Nordeste e em outras regiões do Brasil, além de growlers (recipientes para transportar e conservar o produto) e temperos especiais para churrasco. Com uma localização privilegiada, à beira-mar de Cabedelo, ela conta que a necessidade do delivery, inclusive para entrega de presentes, surgiu depois da pandemia, para que os produtos continuassem chegando aos clientes.

“Desde que começou essa mudança de consumo nós implantamos um aplicativo onde estão disponíveis todos os nossos produtos para que o cliente possa acessar de forma interativa. Também inserimos uma aba de presentes, porque mesmo na época de quarentena a gente também gosta de presentear. Então, tanto para essa data do Dia dos Namorados, quanto para outras, nós temos os kits focados no nosso público”, explicou a empreendedora.

 

DICAS DO SEBRAE PARAÍBA

Por sua vez, o gerente da agência Sul do Sebrae Paraíba, Cláudio Soares, destacou a importância da criatividade, da inovação e do relacionamento com o cliente para que os pequenos negócios possam superar esse momento difícil provocado pela pandemia. Ele destaca o contexto do Dia dos Namorados, mas as práticas também podem ser adotadas em outras datas comemorativas enquanto as consequências do isolamento social perdurarem. 

“É importante as empresas se reinventarem nesse contexto, investindo no digital, na comunicação através das redes sociais e de outros canais que eu tenho com o meu cliente, na forma de entrega, através de um delivery eficiente, e de outras estratégias, porque isso vai me dar condições de poder melhorar o fluxo de caixa do negócio, algo que é muito importante nesse período de pandemia”, pontuou sobre as estratégias de venda para o Dia dos Namorados.

 

Redação com Assessoria SEBRAE/PB

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.