Se mostrando preocupada com a paralisação das obras do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco, a deputada Edna Henrique (PSDB-PB) voltou a cobrar ao ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Canuto, a finalização das obras, tendo em vista o baixo nível dos mananciais localizados no Sertão da Paraíba.

A parlamentar também reforçou a solicitação por providências no sentido de restabelecer o bombeamento do eixo leste da Transposição do Rio São Francisco, fazendo com que a variação do volume de água entregue no Rio Paraíba, no município de Monteiro, possa atender a demanda da população que está sendo prejudicada com a suspensão do abastecimento.

Edna Henrique lembrou que, em audiência com o ministro no mês de março, relatou que as obras do eixo norte estão paralisadas há muito tempo, prejudicando sete milhões de pessoas que moram na Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco e que sofrem com a escassez de água.

“Segundo a previsão inicial do antigo Ministério da Integração Nacional, o sertão paraibano deveria estar recebendo as águas do Velho Chico desde o ano de 2012, ou seja, são sete anos de atrasos na conclusão dessa obra tão importante para os paraibanos e nordestinos. Essa obra no Eixo de Sousa irá beneficiar diretamente os municípios paraibanos de Monte Horebe, São José de Piranhas e Cajazeiras. Essas cidades serão contempladas com a água que sairá do reservatório Boi II, em Brejo Santo no Ceará, até o reservatório Engenheiro Ávidos, localizado em Cajazeiras”, pontuou Edna.

Em um Projeto de Indicação de Nº 547/2019, Edna Henrique usa dados apresentados pela Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA) onde o órgão afirma que a vazão de água no Eixo Leste é insuficiente para atender a demanda hídrica da Paraíba. O volume de água que chega a Monteiro, de acordo com o PI, é de 250 litros por segundo, quantidade baixa, já que a vazão no local foi de 6,8 mil litros por segundo.

O ministro do Desenvolvimento garantiu à deputada que as obras do eixo Norte da transposição de águas do Rio São Francisco terão atenção especial do Governo Federal para serem concluídas, iniciando o bombeamento das águas pelo Ceará. Com isso, a Paraíba também será beneficiada.

Em relação ao pleito do Eixo de Monteiro, o ministro afirmou que o caso será solucionado com a maior brevidade.

Com Ascom

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here