Nota em resposta a veiculação produzida pelo secretário de comunicação da Prefeitura de Monteiro, Fred Menezes, proprietário do site Vitrine do Cariri, que em matéria publicada nesta segunda-feira (09) aponta que a deputada federal Edna Henrique estaria intimidando jornalistas através de ações judiciais. A mesma matéria foi repercutida por demais sites e blogs patrocinados pela Prefeitura Municipal de Monteiro, portanto, se faz necessário o seguinte esclarecimento:

A deputada Edna Henrique vem sofrendo ataques constantes através de fake news em veículos de comunicação patrocinados pela Prefeitura de Monteiro, através da articulação do Secretário de Comunicação Fred Menezes, proprietário do site Vitrine do Cariri, responsável por distribuir as “fake news” para demais sites noticiosos, além de ter uma produção semanal de matérias inverídicas que atacam a parlamentar federal ou seus familiares. Criou-se uma verdadeira “máfia digital” que espalha calúnias em relação a atuação da deputada e ex-prefeita de Monteiro.

Mesmo enviando solicitação do seu direito de resposta ou retificação, a deputada não teve seu pedido atendido e muito menos o seu direito respeitado, e por isso, acionou o judiciário objetivando preservar direitos e prevenir responsabilidades.

Recentemente, ao ser confirmado pelo judiciário que o site Vitrine do Cariri publicou inverdades e não cumpriu com o que determina a Lei em relação ao direito de resposta, a Justiça Federal condenou o proprietário Fred Menezes, além de aplicar multa. Os demais sites que atenderam a solicitação do pedido de resposta, não foram punidos judicialmente. Isso mostra mais uma vez que o predador tenta se tornar vítima e busca apoio dos demais comunicadores em causa própria.

Essa produção de fake news que diariamente busca denegrir a imagem da deputada Edna Henrique, mostra apenas que sem ações ou trabalho para mostrar à população, resta ao setor de comunicação da Prefeitura de Monteiro, desqualificar as ações destacadas de Edna Henrique, uma das parlamentares federais mais produtivas e atuantes da Paraíba.

“Todos esses que hoje tentam desqualificar nossa atuação, até bem pouco tempo viviam elogiando. Em relação ao Fred Menezes, ex-chefe de gabinete do deputado João Henrique e ex-secretário por oito anos da nossa gestão como prefeita de Monteiro, nós só fizemos o bem para ele em momentos que ele mais precisava. Mas, sabemos que a deslealdade é sórdida e a ingratidão é cega à bondade. Portanto, sou vítima da falta de ética e de caráter de quem um dia eu abracei, defendi e ajudei. Quero deixar claro que os sites que abriram espaço para que apresentássemos a nossa versão, a nossa verdade, não foram e nunca serão prejudicados. Aos que não respeitam o direito comum de resposta, continuarei apelando à justiça para defender meu nome e o de minha família. Fica claro com esse desespero e desrespeito vindos da gestão municipal, que há algo que tentam esconder ou desviar. Pois quem não tem o que mostrar, se resume a atacar quem trabalha e tem o reconhecimento de quem realmente importa, o povo monteirense”, disse a deputada.

Sentença da Justiça que condenou Fred Menezes

A magistrada Giselle Rocha Ramos, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, entendeu que a matéria jornalística divulgada pelo requerido, ultrapassou, em muito, o direito-dever de informação, ao citar a autora como possível envolvida nos crimes investigados pela “Operação Famintos”, que não tinha nenhuma ligação com a autora, razão pela qual deve o pedido de indenização formulado pela parte autora ser julgado procedente.

Assim, levando em conta esses fatores, bem como que o valor da condenação deve servir de desestímulo para esse tipo de conduta praticada pelo réu, sem que, todavia, isso implique em enriquecimento indevido do autor, fixo a indenização no montante de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), quantia que considero suficiente para cumprir a dupla função de compensar o prejuízo suportado pela vítima e penalizar o ato ilícito praticado pelo réu, levando em conta a repercussão do dano e a dimensão do constrangimento.

 

 

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.9855-1048 / portaltvcariri@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.