Facebook

MAIS VISTAS

Política

Correligionário quer trazer ‘Pai de Santo de Michel Temer’ para benzer a administração de Cajazeiras

Pai Uzêda: pai de santo subiu no palco para benzer o presidente durante convenção do PMDB (Foto: Divulgação/PMDB) Pai Uzêda: pai de santo subiu no palco para benzer o presidente durante convenção do PMDB (Foto: Divulgação/PMDB)

Famílias sem velório de entes queridos, briga de três possíveis deputados estaduais de Cajazeiras são alguns dos moídos políticos que estão na coluna Faísqueira

Sem direito ao velório O jovem, José Francisco de Araújo, vulgo Zé de Mazinho, que foi baleado no último dia 19 de dezembro, na famosa “Asa do Cabaré” de Cajazeiras, acabou não resistindo aos balaços e morreu no hospital de Cajazeiras, noite de Natal. Seu corpo foi levado para Patos para necrópsia.

Sem direito ao velório A família teria reservado o Memorial Esperança para fazer o velório e o teria utilizado por breve espaço de tempo, depois de ter recebido um recado de seus algozes: “se fizeram não vai dá certo”. A família desistiu de continuar com o velório e o corpo foi sepultado, sob escolta da Policia Militar, no Cemitério Nossa Senhora Aparecida. Cajazeiras precisa urgentemente de uma benção do Papa.

Comitê Pró-HU A sociedade civil organizada de Cajazeiras está se mobilizando com o objetivo de começar a cobrar da bancada federal da Paraíba para que dê prioridade em suas emendas de bancadas e individuais para que sejam destinadas para a construção do novo Hospital Universitário de Cajazeiras. Para deixar o HU funcionando vai ser preciso mais de 200 milhões de reais.

Vitrine O espelho e o brilho de qualquer administração tem sido, ao longo do tempo, o pagamento do funcionalismo em dia. Qualquer gestor pode até pavimentar com ouro as ruas de sua cidade, mas se atrasar os servidores, perde o brilho e suas ações deixam de serem vitrines para o povo.

Vai e vem O ex-senador Wilson Santiago tá feito biruta de aeroporto, não sabe que posição tomar para as eleições de 2018 e certamente tá deixando os seus aliados na mesma situação, principalmente os prefeitos da Bacia do Rio do Peixe, até porque alguns deles até já teriam assumido compromissos com outros candidatos. Caso seja candidato a deputado federal, o filho deverá ser candidato a estadual e nesta situação, as lideranças que já teriam recebido por conta de outros candidatos, vão ter que devolver a grana.

Favo de mel O deputado estadual e presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, que postula um mandato a deputado federal, esteve em Cajazeiras, na manhã desta quarta-feira, dia 27, e transformou o salão de um hotel em gabinete. Quem esteve lá fez o seguinte comentário: eram tantos os vereadores, suplentes, candidatos e cabos eleitorais, que o homem parecia ser um favo de mel coberto de abelhas, que não dava sequer pra ver os olhos dele. No poder até o rabo do jumento é doce.

Pai de Santo Correligionário e amigo do prefeito de Cajazeiras, médico Zé Aldemir, está tentando trazer o Pai de Santo que fez uma benção recentemente no Presidente Michel Temer, para benzer, afastar as mazelas e abrir os caminhos da administração do município. Ninguém sabe se este Pai de Santo tem a capacidade de fazer chover recursos para encher os cofres do tesouro, única forma de amenizar as dores de cabeça de Zé.

Sem perder nada A campanha eleitoral se aproxima e o que é de político começa a aparecer em tudo que é lugar, parece até catapora em corpo de menino novo. Tem deles que não perde sequer jogo de castanha. Mas os eleitores não perdoam e correm atrás deles como se fora uma porca que só tem leite em cinco peitos para dar de mamar a dezoito bacurins. Ô sofrência!

Todos perdem Wilson Filho saindo candidato a deputado estadual, os três candidatos a deputado estadual de Cajazeiras vão sair perdendo: Paula, Jeová e Júnior Araújo. Os redutos do Vale do Rio do Peixe votarão em Wilson Filho. Os três vão correr atrás de outros redutos e do prejuízo.

Bonitão O prefeito de Cajazeiras, médico Zé Aldemir, após falar por quase uma hora, para uma cadeia de rádio, na manhã desta quinta-feira, dia 28, passou a palavra para sua esposa, a médica Paula Meireles, que é também secretaria de saúde. Após falar durante algum tempo, o prefeito, através de gestos teria solicitado para concluir, pois os jornalistas presentes queriam fazer algumas perguntas.

Bonitão A Dra. Paula, sem meias palavras foi logo dizendo: você falou durante o tempo que quis e agora que eu preciso ainda falar outras coisas não posso? E antes de retomar a sua fala, ainda tirou uma “lasca” em Zé, chamando-o de bonitão. Como os dois adoram um microfone e as emissoras que transmitiam o que seria uma entrevista, era com custo zero, o tempo rolou a granel. Teria faltado planejamento na fala inicial do prefeito, ficou meio parecendo que não teve começo, nem meio e nem fim.

Criticas As criticas que o prefeito Zé Aldemir fez ao governador Ricardo Coutinho, em sua entrevista, mal concluiu, o mesmo já tinha o áudio, via watsap. Eita povim pra gostar de briga, intriga e confusão. É ruim pra cidade.

Gazeta do Alto Piranhas

Redação TV CARIRI
Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.8101-0083 / contato@portaltvcariri.com.br

Deixe uma resposta