Falta apenas um mês para Jair Bolsonaro assumir o cargo de presidente da República e as articulações para a composição do novo governo continuam com força total em Brasília. Até o momento, 20 nomes já foram confirmados para compor a equipe ministerial do presidente eleito.

Os principais destaques são os dois superministérios já decididos por Bolsonaro. O economista Paulo Guedes, guru econômico do presidente eleito, ocupará o super Ministério da Economia. A pasta será composta da união entre os ministérios da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e Comércio.

Nomes indicados

O Ministério da Justiça – que fará a fusão da Secretaria de Segurança Pública e do Conselho de Controle de Atividades Financeiras, o Coaf, é o segundo super Ministério, e vai ser comandado pelas mãos do juiz federal Sergio Moro.

A partir de janeiro de 2019, quem assume a Casa Civil é o deputado federal do Rio Grande do Sul, Onyx Lorenzoni que, por enquanto, atua como ministro extraordinário da transição. O general Augusto Heleno Ribeiro Pereira, que é oficial da reserva, vai assumir o Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Quem ficará à frente do Ministério de Ciência e Tecnologia será o astronauta Marcos Pontes. A deputada Tereza Cristina, que é engenheira agrônoma e empresária do agronegócio, vai assumir o Ministério da Agricultura.

O general Fernando Azevedo e Silva, que já atuou como assessor do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, vai comandar o Ministério da Defesa.

Quem vai governar o ministério de Relações Exteriores vai ser Ernesto Fraga Araújo, que é o atual diretor do Departamento dos Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty.

O economista Roberto Campos Neto, de 49 anos, vai comandar o Banco Central.

Outros integrantes

Já o ex-capitão do Exército, Wagner de Campos Rosário, vai continuar no cargo de ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Ele já ocupa esta função deste 2017.

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta, que também é ortopedista pediátrico, vai assumir o Ministério da Saúde.

André Luiz de Almeida Mendonça, que é advogado da União desde 2000, será o novo comandante da Advocacia-Geral da União.

Já o advogado Gustavo Bebianno, que foi o presidente do PSL durante a campanha eleitoral, será o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência.

Agora, o novo ministro da Educação será o filósofo e professor emérito da Escola de Comando e Estado Maior do Exército, Ricardo Vélez Rodríguez.

A Secretaria de governo vai ser comandada por Carlos Alberto dos Santos Cruz. A principal missão dele vai ser fazer a articulação com o Congresso Nacional e com os partidos políticos.

Tarcísio Gomes de Freitas irá assumir o Ministério da Infraestrutura, que vai abranger os setores de transporte aéreo, terrestre e aquaviário.

Quem vai assumir o Ministério do Desenvolvimento Regional será Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, que é o atual secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional. Essa pasta deverá unir as atuais atribuições dos ministérios da Integração Nacional e das Cidades.

O Ministério da Cidadania, que vai fundir as atribuições dos ministérios do Esporte, da Cultura, além da Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad), terá como ministro o ex-ministro do Desenvolvimento Social no governo Temer, Osmar Terra.

Já o deputado federal Marcelo Álvaro Antônio será o ministro do Turismo. Ele está no segundo mandato e foi o deputado mais votado de Minas Gerais nas últimas eleições, com mais de 230 mil votos.

O último nome confirmado para compor a equipe ministerial de Bolsonaro foi  do almirante-de-esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior, que hoje em dia é diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha. Ele será o novo ministro de Minas e Energia.

De acordo com Bolsonaro, o próximo governo deverá ter 22 ministérios, sete a menos do que existem hoje em dia.

*Cintia Moreira, Agência do Rádio

O post Conheça os nomes já indicados por Jair Bolsonaro ao governo apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.