A V (5ª) edição do Festival de Dança da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes começa neste sábado (27), no Altiplano. A entrada é aberta ao público de todas as idades. No primeiro dia, se apresentam 26 grupos de dança livre, samba, dança do ventre, dança cigana, jazz, bolero, pop internacional, stiletto e outros estilos e ritmos. No domingo (28), 27 grupos se apresentam no local.

“Nos surpreendemos e, ao mesmo tempo, ficamos felizes com a quantidade de grupos inscritos e a qualidade das apresentações. Tanto que tomamos a decisão de fazermos dois dias de festival para que o público pudesse prestigiar mais da dança paraibana, no mês comemorativo da dança”, comentou Débora Carvalho, uma das coordenadoras do festival.

O V Festival de Dança acontece em alusão ao Dia da Dança e será em duas categorias: solo e grupos e em vários estilos: jazz, balé, forró, pole dance, dança do ventre, hip hop, danças populares e outros. A seleção dos participantes foi realizada pela professora de dança Séfora Santos. O festival é promovido em parceria com o Espaço Anwar de Dança, da professora Séfora Santos.

Destaques

Entre os destaques desta edição, podemos confirmar a presença da dançarina do ventre Kilma Farias, que apresenta de improviso a dança do ventre com base na fluência entre movimentos sinuosos e cadenciados, trazendo assim o brilho e leveza da luz do oriente. Também participa do festival o grupo Gypsy Fire de Danças Étnicas, fundado em 2016, com objetivo de levar ao público o resultado dos estudos baseados nas danças orientais e fusões, difundindo a cultura cigana artística em todas as esferas da sociedade.

O coletivo Tribo Éthnos também apresenta danças urbanas e experimentais, com o espetáculo “O preto e o branco no mundo dos sonhos”. Nesta performance, eles se conectam com as forças da dualidade no taoísmo, do existir como um sonho, uma ilusão em que o maniqueísmo entre o bem e o mal são diluídos como forças complementares.

O post Começa Festival de Dança da Estação Cabo Branco apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.