A Copa do Mundo da Rússia acabou nesse domingo (15) e os fãs de futebol terão que esperar por quatro anos para ver a bola rolar novamente durante a maior competição esportiva do mundo.

O brasileiro interessado em viajar ao Catar para acompanhar mais de perto às partidas do Mundial de 2022 podem economizar R$ 250 por mês para conquistar o montante suficiente para pagar voo, hospedagem, alimentação, transporte e os ingressos para três jogos da competição.

Segundo um estudo feito pelo aplicativo de finanças GuiaBolso, será necessário economizar ao menos R$ 11.700 para fazer uma viagem sem muito luxo para o Catar em 2022.

O valor corresponde às passagens de ida e volta, hospedagem em um hotel três estrelas e assentos nos setores mais baratos em dois jogos da primeira fase e um das oitavas de final.

“Nós fizemos as contas com o dólar a R$ 3,91 e deixou uma margem de erro de 10% sobre esse valor”, revela o presidente do GuiaBolso, Thiago Alvarez, que compara o pacote mais básico ao de um mochileiro.

“O mochileiro raiz que olhar essas estimativas e falar: ‘É muito. Posso fazer essa mesma viagem com muito menos do que isso’. Eu imagino que se pegar um quarto compartilhado dá para economizar bastante”.

Para quem quiser assistir a todos os jogos da primeira fase e se hospedar em um hotel cinco estrelas no Catar, Alvarez revela que é preciso economizar cerca de R$ 33.384 ou R$ 630 mensais durante os próximos quatro anos e meio.

O presidente do App Renda Fixa, Francis Wagner, avalia que o primeiro passo ao interessado em concretizar o projeto de ir à Copa de 2022 é se livrar das dívidas. “Não compensa fazer um empréstimo com a ideia de realizar um investimento”, orienta.

Investimento

A concretização da viagem ao Catar em 2022 economizando R$ 250 mensais é possível com o investimento da quantia em fundos que garantirão uma rentabilidade garantida ao final do período.

Wagner avalia que os R$ 250 mensais já são suficientes para concretizar a viagem, mas alerta que com um rendimento mais efetivo do que o da poupança é possível conseguir uma grana adicional para aproveitar o Mundial. Para isso, ele sugere a aplicação em títulos públicos.

“O Tesouro Selic e o Tesouro Pré-Fixado 2021 rendem um pouco mais do que a poupança, permitem aplicações de valores pequenos e são interessantes para acumular montantes maiores”, avalia o presidente do App Renda Fixa.

Alvarez, por sua vez, indica como opção para o modelo básico de viagem um fundo de investimento DI com taxa de administração de 0,3% ao ano. “É um fundo sem risco, com liquidez e que pode se beneficiar com a alta da taxa de juros em uma eventual crise no país”, diz ele.

Diante de um cenário de incertezas políticas, outra possibilidade sugerida por Wagner aos interessados em seguir rumo ao Catar é atrelar momentaneamente os investimentos ao dólar.

“Essa oscilação [cambial] pode ser mais vantajosa neste momento e depois é possível alterar a aplicação”, destaca ele, que alerta para o fato de que os investidores vão precisar retirar parte do valor antes do prazo para comprar passagem e os ingressos.

  • Alexandre Garcia, do R7

O post Com R$ 250 por mês, você pode ir para a Copa de 2022 apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.