No último sábado (11), a China finalmente estreou o seu impressionante radiotelescópio para caçar alienígenas. O equipamento foi construído em 2016 e, desde então, passou por diversos testes. A estrutura, chamada de Rádiotelescópio Esférico de 500 metros de Abertura (FAST), bateu o recorde mundial de maior radiotelescópio de base única do mundo.

Reprodução

Agora, o telescópio está totalmente operacional e aberto para pesquisadores de todo o mundo. Os astrônomos vão poder explorar lugares nunca vistos no universo e, potencialmente, descobrir sinais de vida extraterreste.

O FAST deveria ter recebido sinal verde em outubro, depois de passar por uma rodada de testes em setembro. Porém, mesmo ainda não estando totalmente operacional, já estava sendo usado para pesquisas importantes. Durante os vários testes, os cientistas encontraram 102 novos pulsares, estrelas de nêutron que transformam energia rotacional em eletromagnética. Esse número é maior que o descoberto por Estados Unidos e Europa juntos no mesmo período.

O FAST é cerca de 2,5 vezes mais sensível que qualquer outro radiotelescópio do planeta. Espera-se que ele tenha quatro vezes o alcance do segundo maior telescópio do tipo. Isso significa que os astrônomos que utilizarem o equipamento vão poder descobrir novos pulsares e outros corpos celestes em regiões antes inacessíveis do universo.

Via: Futurism

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.9855-1048 / portaltvcariri@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.