Chega a 15 o número de feridos por agulhadas no São João de Campina
DestaqueSão João de Campina Grande 2018

Chega a 15 o número de feridos por agulhadas no São João de Campina

As vítimas tomam uma série de medicamentos para prevenir o vírus da Hepatite B e do HIV.

Já chega a 15 o número de pessoas que alegam terem sido agredidas por agulhas durante São João de Campina Grande. As vítimas afirmam que havia um indivíduo que estava abordando e ferindo as pessoas com uma agulha. Até o momento há o registro de 14 casos ocorridos no Parque do Povo, além de um outro em um evento particular.

Ainda não há informações se o material usado estava contaminado com vírus de doenças infecciosas.Os atendimentos foram registrados no Hospital de Emergência e Trauma da cidade. As vítimas tomam uma série de medicamentos para prevenir o vírus da Hepatite B e do HIV.

Uma das pessoas agredidas recebeu agulhadas em uma das mãos, nas costas e na perna. Em um dos ferimentos, ele precisou ser submetido a pontos.

Após o atendimento, as pessoas são encaminhadas para uma unidade de saúde municipal, onde vão ter acesso aos medicamentos até o fim do tratamento.

Nota da Aliança
A empresa Aliança, organizadora do Maior São João do Mundo, divulgou uma nota na tarde desta segunda-feira, informando que estava trabalhando em conjunto com a Polícia Militar para investigar os casos. A nota ainda  diz que nos postos de atendimento do Parque do Povo, apenas uma ocorrência foi registrada.

Sobre a biometria facial, a assessoria de imprensa da Aliança informou que os equipamentos foram garantidos, mas ainda precisam ser instalados nas entradas do Parque do Povo. Apesar disso, até a tarde desta segunda-feira não  foi anunciado um prazo para a instalação.

Atendimento
A médica do Hospital de Trauma informou que, após o atendimento, a equipe de saúde confirmou que havia marcas de agulhadas no corpo das vítimas, mas que ainda não há como saber se as seringas estavam com alguma contaminação ou não.

O procedimento feito no hospital, segundo Priscila de Sá, foi registrar um protocolo de acidente por agulha possivelmente contaminada e fornecer aos pacientes a medicação necessária para evitar infecção pelo vírus  HIV. Além disso, as vítimas também foram encaminhados para o setor responsável pela medicação contra infecção  do vírus hepatite B.

Tags

Redação TV CARIRI

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.8101-0083 / contato@portaltvcariri.com.br

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios