O Prefeito de Patos, Dinaldo Wanderley, exonerou o Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal, Múcio Sátyro Filho.

O advogado Múcio Filho foi preso temporariamente suspeito de participação na Operação Cidade Luz, desencadeada pelo Ministério Público da Paraíba no dia 02 de agosto. A ação investiga propina, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações por agentes políticos, servidores comissionados da prefeitura de Patos e as empresas Enertec e Real Energy LTDA, envolvidas no esquema.

A exoneração foi assinada por Dinaldinho no dia 09 de agosto e além do Chefe de Gabinete, foram exonerados do cargo o secretário de Adminsitração, Manoel Nóia e a assessora de gabinete, Paloma Lustosa.

Ainda não foi divulgado os nomes que devem assumir os cargos.

Luanja Dantas/maispatos.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.