Coronavírus
Covid-19 atinge todos municípios paraibanos.

Dois mil testes rápidos fabricados na China foram comprados pela prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Os testes foram adquiridos para facilitar a triagem de pacientes que chegam com suspeita da Covid-19 na rede municipal de saúde, ou seja, esses testes rápidos serão feitos em pacientes com sintomas e em profissionais de saúde, podendo ser feitos em hospitais ou nas UPAs.

Segundo informações da Secretaria de Saúde de Campina Grande, os testes já foram realizados em alguns pacientes internados no hospital Pedro I, referência no município, e confirmou dois casos suspeitos, porém, estes números ainda não entram para a estatística. Os pacientes que estão com suspeita podem ir fazer o teste. Como os testes ainda não tem um protocolo específico no Brasil, é necessário uma contra-prova confirmando o resultado positivo dos testes rápidos.

Até que haja uma regulamentação de como eles devem ser usados, os testes ajudarão a se ampliarem as medidas preventivas pelos pacientes que estão com a suspeita, uma vez que a confirmação do teste rápido deixa o paciente e a equipe médica em alerta. Eles também servirão de base para que se tenha uma melhor noção da real situação da dimensão da doença na cidade.

Além dos pacientes sintomáticos que serão testados, profissionais da área de saúde que estão com sintomas também farão o teste. O exame é feito com uma furada no dedo do paciente semelhante a uma furada do teste de glicemia, gotas de sangue são coletadas e elas são colocadas em um aparelho que dá o resultado em aproximadamente 10 minutos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.