Câmara Municipal de Patos aprova projeto que cria o cargo de intérprete e professor de libras

0

Na sessão ordinária desta quinta-feira, dia 17 de maio, os vereadores da Câmara Municipal de Patos, aprovaram, em segunda votação, 14 projetos de lei sendo que um deles é do Poder Executivo e atende uma reivindicação da Casa Legislativa para a criação do cargo de intérprete e professor de libras – Línguas Brasileiras de Sinais.

A criação do cargo é uma conquista do Poder Legislativo patoense e, principalmente, da população que necessita do profissional, no dia-a-dia, para estudar, uma vez que foi um pleito apresentado pelo vereador e presidente da Casa, Sales Júnior (PRB), no ano passado quando foi enviado à Câmara pelo Poder Executivo a criação dos cargos para o concurso público da atual gestão.

“O cargo de intérprete não estava inserido na relação que veio do Poder Executivo e nós entendendo e observando no município de Patos, acredito que tenha somente um intérprete dentro do quadro efetivo do município, solicitamos a criação do cargo, pois, temos no município um número significante de pessoas que precisam e dependem exclusivamente de professor e de intérprete de libras”, explicou Sales.

Para o presidente da Casa, a criação do cargo é uma conquista e um trabalho de inclusão para com a vida das pessoas que mais precisam e estão ligadas, diretamente, a esses profissionais, bem como para contribuir com a administração.

O intérprete de Libras é o profissional que domina a língua de sinais e a língua falada do país e que é qualificado para desempenhar a função.

Projetos de Lei

Dois projetos de lei deram entrada na Câmara Municipal de Patos na sessão ordinária desta quinta-feira.

Ramon Pantera (PTN) apresentou o PL nº34/2018 que denomina Rua Euzary Alves de Lacerda, localizada no Bairro Maternidade, a antiga rua Projetada 08 (SD 304), do loteamento Residencial Guanabara.

O vereador explicou que Euzary é conhecida por sua religiosidade, sempre presente nos eventos da paróquia de Nossa Senhora da Guia, fez parte do Conselho Paroquial e Diocesano desta paróquia. Fundou a Pastoral do Batismo, a Casa da Amizade no Rotary Centro de Patos, fez parte do Instituto Histórico e Geográfico de Patos e era cursilhista.

Já a vereadora Edjane Araújo (PRTB) apresentou o PL n° 35/2018 que denomina Rua Wilson Lira Sampaio, antiga Projetada 09 (SD 305), do loteamento Residencial Guanabara. Wilson  Lira foi funcionário concursado do DNOCS- Condado, no cargo de motorista, foi vice-prefeito da cidade de São José do Bonfim, no período de 1977 a 1982.

De acordo com os projetos, fica a Prefeitura de Patos a obrigação de colocar as placas denominativas e, automaticamente, informar a sua localização à agência dos Correios e Telégrafos de Patos.

Ainda nesta noite, foi solicitada pela vereadora Lucinha Peixoto (PCdoB) a intervenção do Poder Legislativo com relação a greve dos servidores municipais.

Deixe seu comentário