Câmara decide futuro de vereador que postou vídeo se masturbando em escola na PB

Para ser acatada, a denúncia deve ser receber a maioria dos votos dos presentes durante a sessão da Câmara, que é formada por nove vereadores

0
Vereador publicou em rede social vídeo se masturbando em escola pública de Montadas, na Paraíba (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
Vereador publicou em rede social vídeo se masturbando em escola pública de Montadas, na Paraíba (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

O vereador Sebastião da Costa está em seu segundo mandato, e foi reeleito em 2016 com 180 votos

A Câmara Municipal de Montadas, no Agreste paraibano, a 170 quilômetros de João Pessoa, decide nesta terça-feira (26), às 19h, o futuro do vereador Sebastião da Costa (PSB), que na semana passada postou em uma rede social pessoal um vídeo em que ele aparece se masturbando.

Para ser acatada, a denúncia deve ser receber a maioria dos votos dos presentes durante a sessão da Câmara, que é formada por nove vereadores. A partir daí, será formada uma comissão processante para analisar o caso e produzir um relatório para ser votado em plenário.

Leia Também: ‘Foi sem querer’ diz Vereador após posta vídeo no Facebook se masturbando em escola pública na PB

Em contato com o Portal Correio, o vereador Sebastião da Costa disse que ainda não decidiu se vai comparecer ou não à sessão. Ele lamentou o caso, mas garantiu que tudo isso não passa de uma armação política para tentar lhe prejudicar.

Para o vereador, o caso só veio à tona após uma denúncia da prática de nepotismo feita por ele contra o atual prefeito. “Já fui apedrejado e, diante de tanta humilhação que passei, já paguei o preço. A população de Montadas não está de acordo com o que estão fazendo comigo, pois quem fez isso não pensou na minha mãe, que tem 80 anos, não pensou na minha família”, comentou.

Sebastião da Costa está em seu segundo mandato, e foi reeleito em 2016 com 180 votos.

Deixe seu comentário