Bonner e Renata pedem paz após a invasão

Ao final do Jornal Nacional desta quarta-feira (10/06), Bonner pediu paz, seguido de Renata, em referência ao ataque que a apresentadora sofreu. 

Após ontem (10/06) um homem ter invadido a sede da TV Globo e ter feito uma repórter de refém, a emissora precisou rever urgentemente seu esquema de segurança. 

Os jornalistas e apresentadores com maior visibilidade, como por exemplo William Bonner e a própria Renata Vasconcellos são os principais alvos. 

Após o caso, em nota, a emissora definiu o atentado da seguinte forma: 

“obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política”.  

O ocorrido chamou atenção até do presidente Jair Messias Bolsonaro, que normalmente é crítico da Globo e seu jornalismo. 

Bolsonaro tweetou repudio ao ato ocorrido ontem. 

 

“Repudio completamente qualquer ato de violência contra profissionais da imprensa, o que vai na contramão de nossa defesa histórica e irrestrita da liberdade de expressão e de informação, seja a favor ou contra qualquer governo” 

Além disso, continuou ao prestar solidariedade às jornalistas que foram alvos: 

“Presto solidariedade às jornalistas Marina Araújo e Renata Vasconcellos, que foram alvos desse atentado covarde e inaceitável.” 

Aliás, ambos enfrentam comentários de ódio diariamente, em sua maioria, de pessoas que não aprovam a cobertura que o Jornal Nacional faz em relação ao governo atual de Jair Messias Bolsonaro. 

Bonner além de ser vítima de hostilidade em público, sofre ofensas e ameaças na internet. 

Recentemente ocorreu o caso da fraude, onde utilizaram o nome de seu filho Vinícius, para o golpe do auxílio emergencial. 

William Bonner desabafou em entrevista que perdeu a liberdade de ir e vir, como parou de usar a ponte-aérea de Rio-São Paulo para evitar provocações. 

Além disso, antigamente o apresentador era flagrado por paparazzis em passeios no shopping e restaurantes, agora, o apresentador sai de casa somente a trabalho. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.