Barreiros supostamente clandestinos podem estar roubando água

Um vídeo enviado por leitores do Portal Correio mostra que barreiros provavelmente clandestinos estariam represando a água que deveria recarregar a barragem de Canafístula II. O reservatório está praticamente seco...

por


Um vídeo enviado por leitores do Portal Correio mostra que barreiros provavelmente clandestinos estariam represando a água que deveria recarregar a barragem de Canafístula II. O reservatório está praticamente seco e é responsável pelo abastecimento das cidades de Bananeiras, Solânea, Cacimba de Dentro, Damião, Araruna, Tacima, Riachão e Dona Inês. Veja o vídeo abaixo.

Barragem de Canafístula

Segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Canafístula II fica no município de Borborema, no Agreste paraibano, a 135 quilômetros de João Pessoa, tem capacidade para armazenar 4.102.626 milhões de metros cúbicos (m³), mas tem apenas 247.976 mil m³.

Questionado sobre a situação, o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Porfírio Loureiro, informou que está ciente da situação, já que o órgão recebeu uma denúncia sobre o caso. Uma equipe deverá ser enviada ao local para fiscalizar a situação.

“Iríamos visitar o local na quarta, mas por conta da chuva, não pudemos ir. Iremos na quarta-feira (10), junto com promotores do Ministério Público, para tentar localizar esses barreiros e tomar as medidas cabíveis”, disse Porfírio.

Ainda conforme o presidente da Aesa, caso os barreiros sejam ilegais, os proprietários serão obrigados a destruí-los, liberando assim água para a barragem de Canafístula II.

O post Barreiros supostamente clandestinos podem estar roubando água apareceu primeiro em Portal Correio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adicine um comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MAIS DO

Continue lendo Compartilhar no Whatsapp