ASSISTA ao vídeo da reunião entre Bolsonaro e ministros

Decisão é de Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal. Inquérito apura se presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal para evitar investigação de familiares.

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta sexta-feira (22) a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, cuja gravação foi apontada pelo ex-ministro Sergio Moro como prova na investigação de suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.