Os dirigentes do PSB querem que o ex-governador Ricardo Coutinho, se afaste do partido, após ter prisão preventiva decretada durante a Operação Calvário, nesta terça-feira (17). O ex-governador da Paraíba, teve a prisão decretada porém o mandado não foi cumprido, visto que Ricardo não se encontra no país.

Confira a coluna Painel, da Folha de São Paulo

O partido divulgou uma nota em seu site nota oficial sobre a sétima fase da Operação Calvário, deflagrada na manhã desta terça-feira (17) .

Leia na íntegra:

Em face da Operação Calvário, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (17), no Estado da Paraíba, o Partido Socialista Brasileiro reafirma, como sempre, seu total apoio à apuração dos fatos, respeitados o devido processo legal e o amplo direito de defesa.

O PSB reitera sua confiança na conduta do ex-governador Ricardo Coutinho e dos demais investigados e investigadas, na certeza de que uma apuração isenta e justa resultará no pleno esclarecimento das denúncias.

Brasília-DF, 17 de dezembro de 2019.

CARLOS SIQUEIRA

Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro – PSB

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.9855-1048 / portaltvcariri@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.