Anísio comemora suspensão de eleição: ‘Estava atropelando os prazos’

O deputado estadual, Anísio Maia (PT), comemorou, nesta terça-feira (13), decisão do ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que acatou mandado de segurança impetrado pelo Partido dos Trabalhadores...

por


O deputado estadual, Anísio Maia (PT), comemorou, nesta terça-feira (13), decisão do ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que acatou mandado de segurança impetrado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e suspendeu as eleições para prefeito de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Ele defendeu um diálogo do partido com o PSB para a disputa no município.

Leia também: Presidente da Câmara se diz surpresa com suspensão de eleições em Cabedelo

De acordo com o parlamentar, o processo eleitoral, da forma como tinha sido definido, estava atropelando os prazos. “Defendemos a manutenção do instrumento democrático, e para isso é preciso que os prazos sejam cumpridos. Não se pode permitir um questionamento se discutido em apenas um dia”, comentou.

Celeridade no processo

Questionado sobre a possibilidade de a suspensão fazer com que o pleito só seja realizado no próximo ano, o petista disse aguardar que a Justiça faça o seu papel e defina a data das eleições ainda este ano.

Definição de candidatura própria

Anísio Maia disse que o partido deu início às discussões para definir se lança ou não candidatura própria na disputa. Ele não quis revelar prováveis nomes, mas adiantou que independente da postura a ser adotada, o partido já decidiu não se compor com legendas alinhadas como o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Anísio admite diálogo com PSB

“O PT deve procurar o PSB para uma conversa”, disse. Anísio lembrou que a legenda é aliada do PT e deve ser ouvida neste processo Ele afirmou que uma possível composição com o prefeito Vitor Hugo (PRB) é remota, mas também não está descartada.

Presidente da Câmara se disse surpresa com decisão

A presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Geusa Ribeiro (PRP), divulgou nota em que se diz surpresa com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que suspendeu o pleito marcado para escolher o novo prefeito do município.

Na nota, a presidente diz aguardar que o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) corrija o calendário eleitoral o mais rápido possível, dentro da legalidade e marque nova data para a realização das eleições.

Segundo Geusa, a população de Cabedelo tem o legítimo direito de escolher os representantes do executivo através de um pleito justo e igualitário.

O post Anísio comemora suspensão de eleição: ‘Estava atropelando os prazos’ apareceu primeiro em Portal Correio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adicine um comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MAIS DO